Concepção, Gestação, Bebê e Infância
Casal e Família
Relações de Gênero
Sexualidade Humana
DST's & AIDS
Métodos Contraceptivos
Estresse & Ansiedade
Medos & Fobias
Saúde & Prevenção
Hábitos e Disfunções Alimentares
Qualidade de Vida
Neurociências
Dependência química
Farmacologia
Psicologia Organizacional
Psicologia Acadêmica
Psicologia do Trânsito
Ética & Legislação
Direitos e Declarações Universais
Instituições
Notícias
Indicações Bibliograficas
Utilidade pública
Normas e Responsabilidades
Sobre o Site



Marcos A. L. Renna - Contato: 2965-4042 / 98458-4892
CID-10
Classificação Internacional de Doenças - 10ª Edição
Home » CID-10 » Outros transtornos comportamentais e emocionais com início habitualmente durante a infância ou a adolescência - F98

Outros transtornos comportamentais e emocionais com início habitualmente durante a infância ou a adolescência - F98

F98 Outros transtornos comportamentais e emocionais com início habitualmente durante a infância ou a adolescência

Grupo heterogêneo de transtornos, ocorrendo durante a infância, mas que difere por outro lado em numerosos pontos. Algumas destas afecções constituem síndromes bem definidas, enquanto as outras são simples associações de sintomas; estes últimos devem contudo ser incluídos por um lado em função de sua freqüência e de sua associação com uma alteração do funcionamento psicossocial e de outro, porque não podem ser incluídas em outras síndromes.

Exclui:
crises de falta de fôlego (R06.8)
síndrome de Kleine-Levin (G47.8)
transtorno (de) (do):

·    identidade sexual da infância (F64.2)
·    obsessivo-compulsivo (
F42.-)
·    sono devido a causas emocionais (F51.-)

F98.0 Enurese de origem não-orgânica

Transtorno caracterizado por micção involuntária (diurna e/ou noturna) anormal levando-se em conta a idade mental da criança, e que não está ligada a um transtorno do controle vesical de origem neurológica, crises epilépticas ou anomalia orgânica do aparelho urinário. A enurese pode existir, de modo contínuo, depois do nascimento ou ser precedida de um período de controle de função vesical. Pode-se acompanhar de um transtorno mais generalizado das emoções ou do comportamento.

Enurese:


·    funcional
·    (primária) (secundária) de origem não-  
     orgânica
·    psicogênica

Incontinência urinária de origem não-orgânica

Exclui:

enurese SOE (R32)

F98.1 Encoprese de origem não-orgânica

Transtorno caracterizado por emissão fecal repetida, involuntária ou voluntária, habitualmente de consistência normal ou quase normal, em locais inapropriados a este propósito, tendo-se em conta o contexto sócio-cultural do sujeito. Pode se tratar de uma persistência anormal da incontinência infantil normal, ou perda de continência após a aquisição do controle intestinal, ou ainda de emissão fecal deliberada em locais não apropriados a despeito de um controle esfincteriano normal. A encoprese pode constituir um transtorno isolado, monossintomático ou fazer parte de um outro transtorno, em particular um transtorno emocional (F93.-) ou transtorno de conduta (F91.-).

Encoprese:

·    funcional
·    psicogênica

Incontinência fecal de origem não-orgânica

Usar código adicional, se necessário, para identificar a causa de obstipação associada.

Exclui:

encoprese SOE (R15)

F98.2 Transtorno de alimentação na infância

Transtorno de alimentação com manifestações diversas geralmente específicas da criança muito jovem e do início da infância. Leva geralmente à recusa de alimentos e a uma seletividade extrema, embora os alimentos sejam de qualidade razoáveis, que os cuidados sejam dados por uma pessoa competente, e que não haja doença orgânica. A ruminação (regurgitação repetida sem náusea nem transtorno gastrointestinal) pode estar associada.

Transtorno de ruminação da criança

Exclui:

anorexia nervosa e outros transtornos da alimentação (F50.-)

dificuldades nutricionais e nutrição inadaptada (R63.3)

pica do lactente ou da criança (F98.3)

problemas nutricionais no recém-nascido (P92.-)

F98.3 Pica do lactente ou da criança

Transtorno caracterizado pelo consumo duradouro de substâncias não-nutritivas (por exemplo, terra, lascas de pintura etc). Pode constituir um comportamento psicopatológico relativamente isolado ou fazer parte de um transtorno psiquiátrico mais global (tal como o autismo). Um diagnóstico de pica deve ficar reservado às manifestações isoladas. Este comportamento se observa sobretudo em crianças que apresentam retardo mental e na presença de um retardo mental, este último deve constituir o diagnóstico principal (F70-F79).

F98.4 Estereotipias motoras

Transtorno caracterizado por movimentos intencionais, repetitivos, estereotipados, desprovidos de finalidade (e freqüentemente ritmados), não ligado a um transtorno psiquiátrico ou neurológico identificado. Quando estes movimentos sobrevêm no quadro de um outro transtorno, só o último deve ser registrado e não se faz um diagnóstico de estereotipia motora. Os movimentos sem componente automutilador compreendem: balançar o corpo, balançar a cabeça, arrancar os cabelos, torcer os cabelos, estalar os dedos e bater as mãos. Os comportamentos estereotipados automutiladores compreendem: bater a cabeça, esbofetear a face, colocar o dedo nos olhos, morder as mãos, os lábios ou outras partes do corpo. Os movimentos estereotipados ocorrem muito habitualmente em crianças com retardo mental (neste caso, os dois diagnósticos devem ser registrados). Quando o fato de enfiar o dedo no olho ocorre em criança com déficit visual, os dois diagnósticos devem ser codificados, o primeiro em F98.4 e o segundo com a ajuda do código (orgânico) apropriado.

Estereotipias/comportamentos repetitivos

Exclui:

enfiar os dedos no nariz (F98.8)

estereotipias que fazem parte de um transtorno psiquiátrico maior (F00-F95)

movimentos involuntários anormais (R25.-)

morder as unhas (F98.8)

sucção do polegar (F98.8)

tiques (F95.-)

transtorno obsessivo compulsivo (F42.-)

transtornos do movimento de origem orgânica (G20-G25)

tricotilomania (F63.3)

F98.5 Gagueira [tartamudez]

A gagueira é caracterizada por repetições ou prolongamentos freqüentes de sons, de sílabas ou de palavras, ou por hesitações ou pausas freqüentes que perturbam a fluência verbal. Só se considera como transtorno caso a intensidade de perturbação incapacite de modo marcante a fluidez da fala.

Exclui:

linguagem precipitada (F98.6)

tiques (F95.-)

F98.6 Linguagem precipitada

A linguagem precipitada é caracterizada por um débito verbal anormalmente rápido e um ritmo irregular (sem repetições nem hesitações), suficientemente intenso para tornar difícil a inteligibilidade. A linguagem é irregular e mal ritmada, consistindo em emissões verbais rápidas com formas sintáticas errôneas.

Exclui:
gagueira (F98.5)
tiques (F95.-)

F98.8 Outros transtornos comportamentais e emocionais especificados com início habitualmente na infância ou adolescência

Comer unhas
Déficit de atenção sem hiperatividade
Enfiar os dedos no nariz
Masturbação exagerada
Sucção do polegar

F98.9 Transtornos comportamentais e emocionais não especificados com início

habitualmente na infância ou adolescência


Seu Nome:

Seu E-mail:

Nome do amigo:

E-mail do amigo:

Mensagem:

Código de segurança (Repita o código):
 


Home :: Eventos :: Dicionário :: DSM-IV :: CID-10 :: Contato               PsicNet - Todos os direitos reservados