Concepção, Gestação, Bebê e Infância
Casal e Família
Relações de Gênero
Sexualidade Humana
DST's & AIDS
Métodos Contraceptivos
Estresse & Ansiedade
Medos & Fobias
Saúde & Prevenção
Hábitos e Disfunções Alimentares
Qualidade de Vida
Neurociências
Dependência química
Farmacologia
Psicologia Organizacional
Psicologia Acadêmica
Psicologia do Trânsito
Ética & Legislação
Direitos e Declarações Universais
Instituições
Notícias
Indicações Bibliograficas
Utilidade pública
Normas e Responsabilidades
Sobre o Site



Marcos A. L. Renna - Contato: 2965-4042 / 98458-4892
Dicionário
Home » Dicionário » Delírio

Delírio

Uma falsa crença baseada em uma inferência incorreta acerca da realidade externa, firmemente mantida, apesar do que quase todas as outras pessoas acreditam e apesar de provas ou evidências incontestes em contrário. A crença não é habitualmente aceita por outros membros da cultura ou subcultura da pessoa (por ex., ela não é um artigo da fé religiosa). Quando uma falsa crença envolve um julgamento de valor, ela é considerada um delírio apenas quando o julgamento é tão extremo a ponto de desafiar a credibilidade. A convicção delirante ocorre em um continuum e pode, às vezes, ser inferida a partir do comportamento do indivíduo. Freqüentemente é difícil distinguir entre um delírio e uma idéia supervalorizada (em cujo caso o indivíduo tem uma crença ou idéia irracional, mas não a sustenta tão firmemente como ocorre em um delírio). Os delírios são subdivididos de acordo com seu conteúdo.

Alguns dos tipos mais comuns são listados abaixo:

bizarro. Um delírio que envolve um fenômeno que a cultura da pessoa consideraria totalmente implausível.

ciúme delirante. O delírio de que o parceiro sexual está sendo infiel.

congruente com o humor. Ver aspectos psicóticos congruentes com o humor.

de referência. Um delírio no qual o tema central é de que o próprio indivíduo (ou alguém chegado a ele) está sendo atacado, perseguido, trapaceado, assediado ou sendo vítima de uma conspiração.

de ser controlado. Um delírio no qual sentimentos, impulsos, pensamentos ou ações são vivenciados como estando sob o controle de alguma força externa, ao invés de estarem sob o controle do próprio indivíduo.

erotomaníaco. Um delírio de que outra pessoa, geralmente de posição mais elevada, está apaixonada pelo indivíduo.

grandioso. Um delírio de valor, poder, conhecimento ou identidade inflados ou de ter um relacionamento especial com uma divindade ou pessoa famosa.

incongruente com o humor. Ver aspectos psicóticos incongruentes com o humor.

inserção de pensamentos. O delírio de que certos pensamentos não são seus, mas inseridos em sua mente.

irradiação do pensamento. O delírio de que os próprios pensamentos estão sendo irradiados em voz alta, de modo que podem ser percebidos por outros.

somático. Um delírio cujo conteúdo principal diz respeito à aparência ou funcionamento do próprio corpo.


Seu Nome:

Seu E-mail:

Nome do amigo:

E-mail do amigo:

Mensagem:

Código de segurança (Repita o código):
 


Home :: Eventos :: Dicionário :: DSM-IV :: CID-10 :: Contato               PsicNet - Todos os direitos reservados