Concepção, Gestação, Bebê e Infância
Casal e Família
Relações de Gênero
Sexualidade Humana
DST's & AIDS
Métodos Contraceptivos
Estresse & Ansiedade
Medos & Fobias
Saúde & Prevenção
Hábitos e Disfunções Alimentares
Qualidade de Vida
Neurociências
Dependência química
Farmacologia
Psicologia Organizacional
Psicologia Acadêmica
Psicologia do Trânsito
Ética & Legislação
Direitos e Declarações Universais
Instituições
Notícias
Indicações Bibliograficas
Utilidade pública
Normas e Responsabilidades
Sobre o Site



Marcos A. L. Renna - Contato: 2965-4042 / 98458-4892
DSM-IV
4ª Edição
Home » DSM-IV » Diagnóstico Diferencial para Outros Transtornos Induzidos por Álcool

Diagnóstico Diferencial para Outros Transtornos Induzidos por Álcool

Diagnóstico Diferencial para Outros Transtornos Induzidos por Álcool

 

Para uma discussão geral sobre o diagnóstico diferencial de Transtornos Relacionados a Substâncias. Os Transtornos Induzidos pelo Álcool podem ser caracterizados por sintomas (por ex., humor deprimido) que se assemelham a transtornos mentais primários (por ex., Transtorno Depressivo Maior versus Transtorno do Humor Induzido por Álcool, Com Características Depressivas, Com Início Durante Intoxicação).

A fraca coordenação e o prejuízo do julgamento associados com a Intoxicação com Álcool podem lembrar os sintomas de certas condições médicas gerais (por ex., acidose diabética, ataxias cerebelares e outras condições neurológicas tais como esclerose múltipla). De maneira semelhante, os sintomas de Abstinência de Álcool também podem ser imitados por certas condições médicas gerais (por ex., hipoglicemia e cetoacidose diabética). O tremor essencial, um transtorno que muitas vezes tem incidência familiar, pode sugerir o tremor associado com Abstinência de Álcool.

A Intoxicação com Álcool (exceto pelo hálito de álcool) assemelha-se muito à Intoxicação com Sedativos, Hipnóticos ou Ansiolíticos. A presença de hálito alcoólico não exclui, por si , a intoxicação com outras substâncias, uma vez que múltiplas substâncias não raro são utilizadas ao mesmo tempo. Embora a intoxicação em algum momento da vida provavelmente faça parte da história da maioria dos indivíduos que consomem álcool, quando este fenômeno ocorre regularmente ou causa prejuízo, é importante considerar a possibilidade de um diagnóstico de Dependência de Álcool ou Abuso de Álcool. A Abstinência de Sedativos, Hipnóticos ou Ansiolíticos produz uma síndrome muito similar à da Abstinência de Álcool.

A Intoxicação e a Abstinência de Álcool são diferenciadas de outros Transtornos Induzidos por Álcool (por ex., Transtorno de Ansiedade Induzido por Álcool, Com Início Durante Abstinência), uma vez que os sintomas nesses últimos transtornos excedem aqueles habitualmente associados à Intoxicação com Álcool ou Abstinência de Álcool e são suficientemente severos para indicarem uma atenção clínica independente. A Intoxicação Alcoólica Idiossincrática, definida como uma acentuada alteração comportamental, em geral consistindo de agressividade, após a ingestão de uma quantidade relativamente pequena de álcool, constava do DSM-III-R. Em vista do limitado apoio da literatura à validade desta condição, ela não mais é incluída como um diagnóstico distinto no DSM-IV. Essas apresentações podem ser diagnosticadas como Intoxicação com Álcool ou Transtorno Relacionado ao Álcool Sem Outra Especificação.


Seu Nome:

Seu E-mail:

Nome do amigo:

E-mail do amigo:

Mensagem:

Código de segurança (Repita o código):
 


Home :: Eventos :: Dicionário :: DSM-IV :: CID-10 :: Contato               PsicNet - Todos os direitos reservados