Concepção, Gestação, Bebê e Infância
Casal e Família
Relações de Gênero
Sexualidade Humana
DST's & AIDS
Métodos Contraceptivos
Estresse & Ansiedade
Medos & Fobias
Saúde & Prevenção
Hábitos e Disfunções Alimentares
Qualidade de Vida
Neurociências
Dependência química
Farmacologia
Psicologia Organizacional
Psicologia Acadêmica
Psicologia do Trânsito
Ética & Legislação
Direitos e Declarações Universais
Instituições
Notícias
Indicações Bibliograficas
Utilidade pública
Normas e Responsabilidades
Sobre o Site



Marcos A. L. Renna - Contato: 2965-4042 / 98458-4892
Infância
Home » Saúde & Prevenção » Infância » Tema

descongestionantes nasais podem causar nervosismo, agitação, palpitações e insônia
23/05/2005 - 15h49m

Nariz entupido, dificuldade de respirar e uma atitude automática: pingar umas gotinhas de descongestionante nasal para aliviar o incômodo. Como a sensação de obstrução nasal não é das melhores uma das primeiras providências acaba sendo a automedicação, os descongestionantes nasais estão entre os campeões de venda nas farmácias, mas os médicos alertam para os problemas do uso abusivo deles.

Esses medicamentos contêm substâncias que causam a vasoconstrição, ou seja, fazem com que o calibre dos vasos sanguíneos diminua, reduzindo a congestão da mucosa do nariz e permitindo que o ar passe com mais facilidade. O problema é que eles circulam pelo corpo inteiro e promovem também a constrição de outros vasos sangüíneos, podendo levar a um aumento da pressão arterial da pessoa e também da sua freqüência cardíaca: o coração costuma bater mais rápido para bombear o sangue que o organismo necessita. Por essa razão, quem sofre com pressão alta ou doença cardíaca só deve usar descongestionantes sob supervisão médica.

As crianças menores de dois anos de idade estão proibidas de usar descongestionantes nasais, a não ser que o médico tenha recomendado, e as maiores também devem evitá-los. Outros casos que exigem supervisão médica para o uso do medicamento são pessoas diabéticas ou que sofrem de hipertiroidismo.

ATENÇÃO: Estas são informações gerais sobre o assunto, descritas em literatura médica ou por médicos especializados. Este texto não deve ser usado para qualquer tipo de diagnóstico ou automedicação. Em caso de qualquer suspeita, procure imediatamente seu médico.

FONTE - REVISTA SAÚDE




Nome:

E-mail:

Telefone:

Dúvida:

Código de segurança (Repita o código):
 



Seu Nome:

Seu E-mail:

Nome do amigo:

E-mail do amigo:

Mensagem:

Código de segurança (Repita o código):
 


Home :: Eventos :: Dicionário :: DSM-IV :: CID-10 :: Contato               PsicNet - Todos os direitos reservados