Concepção, Gestação, Bebê e Infância
Casal e Família
Relações de Gênero
Sexualidade Humana
DST's & AIDS
Métodos Contraceptivos
Estresse & Ansiedade
Medos & Fobias
Saúde & Prevenção
Hábitos e Disfunções Alimentares
Qualidade de Vida
Neurociências
Dependência química
Farmacologia
Psicologia Organizacional
Psicologia Acadêmica
Psicologia do Trânsito
Ética & Legislação
Direitos e Declarações Universais
Instituições
Notícias
Indicações Bibliograficas
Utilidade pública
Normas e Responsabilidades
Sobre o Site



Marcos A. L. Renna - Contato: 2965-4042 / 98458-4892
Qualidade de Vida
Home » Qualidade de Vida » Tema

Qualidade de Vida – o que vem a ser isso?
09/12/2006 - 00h44m

A expressão qualidade de vida foi empregada pela primeira em 1964 por Lyndon Johnson (presidente dos Estados Unidos).  A partir desse momento, cientistas sociais, filósofos, psicólogos, políticos e a medicina vêm buscando conceituar melhor a expressão “Qualidade de Vida” como uma tentativa de negar a desumanização que o temo propunha em função do progresso tecnológico.  Dessa forma a preocupação com a expressão “qualidade de vida”, vem de encontro a um movimento promovido pelas ciências humanas e biológicas com a finalidade de valorizar a diminuição da mortalidade e o aumento das expectativas de vida.   

 

A expressão “Qualidade de vida” como vem sendo aplicado na literatura médica está relacionada ao impacto do estado de saúde sobe a capacidade do indivíduo viver plenamente.

 

Segundo ALQUIER et al. (1997), a expressão “qualidade de vida” é definida como: “o valor atribuído à vida, ponderado pelas deteriorações funcionais, as percepções e condições sociais que são induzidas pela doença, agravos, tratamentos e a organização política e econômica do sistema assistencial. Assim, a medicina tem tentado focar na idéia de que” ter saúde é não possuir doença, é ter qualidade de vida". Mas afinal o que é ter qualidade de vida?

 

Segundo RUFINO, (1994), qualidade de vida se refere a um mínimo de condições para que os indivíduos, nela inserido, possam desenvolver o máximo de suas potencialidades sejam elas: viver, sentir, amar e ou trabalhar produzindo bens e serviços.

 

Segundo BULLINGER et al. (1993), consideram que a expressão “Qualidade de vida” vai além da sobrevida de um paciente, inclui uma variedade de fatores e condições que podem afetar a percepção do individuo, seus sentimentos e comportamentos relacionados com seu desempenho e desenvolvimento diário e geral, incluindo, mas não se limitando exclusivamente as questões da saúde e ás intervenções médicas.

 

Nas áreas sociais e educacionais a expressão “qualidade de vida” refere-se “ao resultado da máxima disponibilidade da infra-estrutura social pública para atuar em benefício do bem comum (condições gerais de habitação, saúde, educação, cultura, alimentação, lazer, etc.) e para manter o meio adequado à reprodução e desenvolvimento da sociedade, respeitando a capacidade de reposição dos recursos naturais". Para um meio ambiente ecologicamente equilibrado é essencial à sadia qualidade de vida e, nesse caso não se refere ao nível de vida privado. (Ambiente Brasil, 2005).

 

Assim, devemos entender que a expressão “Qualidade de Vida” deve ser empregada de uma forma mais ampla, pois ela se aproxima do grau de satisfação que o indivíduo tem durante todo seu processo de vida, tais como: Alimentação, habitação, trabalho, educação, saúde e lazer, elementos esses que tem como referência noções relativas ao bem estar, ao conforto e a realização pessoal e coletiva.

 

Como podemos observar, a expressão “qualidade de vida” é estudado sob diversos olhares quer seja pelo olhar da ciência, através de várias disciplinas, quer seja pelo olhar do senso comum, seja também do ponto de vista objetivo ou subjetivo, seja através de abordagens individuais ou coletivas.

 

 

 




Nome:

E-mail:

Telefone:

Dúvida:

Código de segurança (Repita o código):
 



Seu Nome:

Seu E-mail:

Nome do amigo:

E-mail do amigo:

Mensagem:

Código de segurança (Repita o código):
 


Home :: Eventos :: Dicionário :: DSM-IV :: CID-10 :: Contato               PsicNet - Todos os direitos reservados