Concepção, Gestação, Bebê e Infância
Casal e Família
Relações de Gênero
Sexualidade Humana
DST's & AIDS
Métodos Contraceptivos
Estresse & Ansiedade
Medos & Fobias
Saúde & Prevenção
Hábitos e Disfunções Alimentares
Qualidade de Vida
Neurociências
Dependência química
Farmacologia
Psicologia Organizacional
Psicologia Acadêmica
Psicologia do Trânsito
Ética & Legislação
Direitos e Declarações Universais
Instituições
Notícias
Indicações Bibliograficas
Utilidade pública
Normas e Responsabilidades
Sobre o Site



Marcos A. L. Renna - Contato: 2965-4042 / 98458-4892
Assuntos Farmacológicos
Home » Farmacologia » Assuntos Farmacológicos » Tema

OMS avalia vacinas brasileiras
Dr. Fábio F. Lima
15/10/2008 - 01h05m

OMS avalia vacinas produzidas no Brasil

A Organização Mundial de Saúde (OMS) irá avaliar a qualidade, segurança e eficácia das vacinas produzidas no Brasil. A entidade quer saber quais desses produtos poderão ser utilizados para abastecer os países da América Latina, África e outros que estejam passando por situações de emergência ou calamidade.

A cada quatro ou cinco anos, técnicos da OMS fazem a avaliação, para determinar quais vacinas poderão ser compradas pela Organização das Nações Unidas (ONU). Entre os dias 13 e 17 de outubro, a Anvisa, o Programa Nacional de Imunizações (PNI) do Ministério da Saúde, e o Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde (INCQS) da Fiocruz passarão pela reavaliação.

A pré-qualificação da autoridade reguladora do País, no caso do Brasil, da Anvisa, é pré-requisito para que os produtores nacionais possam qualificar seus produtos e serem fornecedores da OMS. Na América Latina e Caribe somente a Anvisa e a autoridade sanitária de Cuba (CECMED) são qualificadas pela OMS.

Para o diretor-presidente da Anvisa, Dirceu Raposo de Mello, o processo de reavaliação do sistema nacional de vigilância sanitária de vacinas ocorre num contexto político importante. “O procedimento vem ao encontro da prioridade definida pelo Programa Mais Saúde, que é o fortalecimento do complexo industrial da saúde, com priorização para a produção de vacinas”, afirmou.

Caso as autoridades sanitárias sejam aprovadas, a próxima etapa irá consistir na reavaliação dos laboratórios nacionais. No Brasil, atualmente, tanto Biomanguinhos como o Instituto Butantã já possuem vacinas pré-qualificadas pela OMS. A abertura da pré-qualificação ocorre no dia 13 de outubro, no auditório da Organização Pan-Americana de Saúde (Opas), em Brasília, das 9h as 12h30.

Dr. Fábio F. Lima
Farmacêutico-Bioquímico
Contato:
drfblima@psicnet.psc.br

Fonte: Ascom/Assessoria de Imprensa da Anvisa




Nome:

E-mail:

Telefone:

Dúvida:

Código de segurança (Repita o código):
 



Seu Nome:

Seu E-mail:

Nome do amigo:

E-mail do amigo:

Mensagem:

Código de segurança (Repita o código):
 


Home :: Eventos :: Dicionário :: DSM-IV :: CID-10 :: Contato               PsicNet - Todos os direitos reservados