Concepção, Gestação, Bebê e Infância
Casal e Família
Relações de Gênero
Sexualidade Humana
DST's & AIDS
Métodos Contraceptivos
Estresse & Ansiedade
Medos & Fobias
Saúde & Prevenção
Hábitos e Disfunções Alimentares
Qualidade de Vida
Neurociências
Dependência química
Farmacologia
Psicologia Organizacional
Psicologia Acadêmica
Psicologia do Trânsito
Ética & Legislação
Direitos e Declarações Universais
Instituições
Notícias
Indicações Bibliograficas
Utilidade pública
Normas e Responsabilidades
Sobre o Site



Marcos A. L. Renna - Contato: 2965-4042 / 98458-4892
GLBTT
Home » Sexualidade Humana » GLBTT » Tema

Transexual no âmbito jurídico
Dra. Elizabete Demetriuk
07/05/2013 - 08h46m

 

Por ser o paciente transexual portador de desvio psicológico permanente de identidade sexual, com rejeição do fenótipo e com fortes tendências à auto mutilação e ao auto-extermínio, o Conselho Federal de Medicina autoriza, a título experimental, alguns hospitais, no Brasil, a realizarem cirurgias transexuais.

 

 

estas cirurgias não constituem crimes de mutilações, pois não estão previstos no artigo 129 do Código Penal. A mudança das genitálias, internas e externas, visa adequar as genitálias ao sexo psíquico.

 

O Conselho Federal de Medicina, no uso de suas atribuições conferidas pela Lei nº 3268/57, autoriza, a título experimental, a realização de cirurgia de transgenitalização do tipo neocolpovulvoplastia, neofaloplastia e ou procedimentos complementares sobre gônadas e caracteres sexuais secundários como tratamento dos casos de transexualismo.

 

 

O paciente transexual é portador de desvio psicológico permanente de identidade sexual, com rejeição do fenótipo, com fortes tendências à auto mutilação e ao auto-extermínio.

 

No Brasil não há lei ou regulamentação legalizando a mudança de sexo para o transexual do ponto de vista jurídico, o que traz sérios problemas ao transexual na regularização de novos documentos.

 

 

O Novo Código Civil é omisso no que se refere a este assunto.

 

O que há neste sentido, é um projeto do Deputado José de Castro Coimbra que se encontra na Comissão da Câmara Federal,  que encontra obstáculos carecer de juízo e de moral.

 

 

Desde 1997 o Conselho Federal de Medicina permite que seja praticada a realização de cirurgia  transexual em Hospitais Universitários.

 

 

Já é possível a regularização da documentação do transexual operado, já existe na área profissionais com liminares e vitórias favoráveis aos operados.

 

A idade mínima para realizar a cirurgia é 21 anos e a máxima vai depender das condições gerais do paciente.

 

Este tipo de cirurgia só é feita em homens, nas mulheres não são realizadas pois as pesquisas neste sentido não foram consideradas satisfatórias.

 

O que todos devem saber que no Brasil não há lei que condene o homossexual, gays, lésbicas, travestis e transexuais, o que é proibido é a discriminação e o preconceito a estes.

 

Se algo neste sentido acontecer, você tem de reagir e denunciar junto a delegacias ou as comissões de Direitos humanos de sua cidade ou estado.

 

 


Autoria:
Dra. Elizabete Demetriuk
OAB/SP 207131

dmetriuk@uol.com.br

 

 


 


 




Nome:

E-mail:

Telefone:

Dúvida:

Código de segurança (Repita o código):
 



Seu Nome:

Seu E-mail:

Nome do amigo:

E-mail do amigo:

Mensagem:

Código de segurança (Repita o código):
 


Home :: Eventos :: Dicionário :: DSM-IV :: CID-10 :: Contato               PsicNet - Todos os direitos reservados