Concepção, Gestação, Bebê e Infância
Casal e Família
Relações de Gênero
Sexualidade Humana
DST's & AIDS
Métodos Contraceptivos
Estresse & Ansiedade
Medos & Fobias
Saúde & Prevenção
Hábitos e Disfunções Alimentares
Qualidade de Vida
Neurociências
Dependência química
Farmacologia
Psicologia Organizacional
Psicologia Acadêmica
Psicologia do Trânsito
Ética & Legislação
Direitos e Declarações Universais
Instituições
Notícias
Indicações Bibliograficas
Utilidade pública
Normas e Responsabilidades
Sobre o Site



Marcos A. L. Renna - Contato: 2965-4042 / 98458-4892
DSM-IV
4ª Edição
Home » DSM-IV » Abstinência de Cocaína - 292.0  

Abstinência de Cocaína - 292.0  

F14.3 - 292.0  Abstinência de Cocaína

 

Consultar também o texto e os critérios para Abstinência de Substância . A característica essencial da Abstinência de Cocaína é a presença de uma síndrome característica de abstinência, que se desenvolve dentro de algumas horas a alguns dias após a cessação (ou redução) do uso pesado e prolongado de cocaína (Critérios A e B). A síndrome de abstinência caracteriza-se pelo desenvolvimento de um humor disfórico acompanhado por duas ou mais das seguintes alterações fisiológicas: fadiga, sonhos vívidos e desagradáveis, insônia ou hipersonia, maior apetite e retardo ou agitação psicomotora. Anedonia e premência pela droga também podem estar presentes, mas não fazem parte dos critérios de diagnóstico. Esses sintomas causam um sofrimento clinicamente significativo ou prejuízo no funcionamento social, ocupacional ou em outras áreas importantes da vida do indivíduo (Critério C). Os sintomas não devem ser decorrência de uma condição médica geral e nem ser melhor explicados por outro transtorno mental (Critério D).

Os sintomas agudos de abstinência freqüentemente são vistos após períodos de uso repetitivo de altas doses e caracterizam-se por sensações intensas e desagradáveis de lassidão e depressão, geralmente exigindo vários dias de repouso e recuperação. Sintomas depressivos com ideação ou comportamento suicida podem ocorrer e geralmente são os problemas mais sérios vistos durante a "aterrissagem" ou outras formas de Abstinência de Cocaína. Uma parcela considerável dos indivíduos com Dependência de Cocaína apresenta poucos ou nenhum sintoma de abstinência evidente ao cessar o uso da substância.

 

Critérios Diagnósticos para F14.3 - 292.0 Abstinência de Cocaína

 

A. Cessação (ou redução) do uso pesado e prolongado de cocaína.

 

B. Humor disfórico e duas (ou mais) das seguintes alterações fisiológicas, desenvolvendo-se de algumas horas a alguns dias após o Critério A:

(1) fadiga

(2) sonhos vívidos e desagradáveis

(3) insônia ou hipersonia

(4) aumento do apetite

(5) retardo ou agitação psicomotora

 

 

 

C. Os sintomas no Critério B causam sofrimento clinicamente significativo ou prejuízo no funcionamento social, ocupacional ou em outras áreas importantes do funcionamento.

 

D. Os sintomas não se devem a uma condição médica geral nem são melhor explicados por outro transtorno mental.

Outros Transtornos Induzidos por Cocaína

Os seguintes Transtornos Induzidos por Cocaína são descritos em outras seções do manual, junto com transtornos cuja fenomenologia compartilham: Delirium por Intoxicação com Cocaína , Transtorno Psicótico Induzido por Cocaína , Transtorno do Humor Induzido por Cocaína , Transtorno de Ansiedade Induzido por Cocaína (p. 418), Disfunção Sexual Induzida por Cocaína  e Transtorno do Sono Induzido por Cocaína . Esses transtornos são diagnosticados ao invés de Intoxicação com Cocaína ou Abstinência de Cocaína apenas quando os sintomas excedem aqueles habitualmente associados à Intoxicação com Cocaína ou à síndrome de Abstinência, e quando são suficientemente severos para indicarem uma atenção clínica independente.


Seu Nome:

Seu E-mail:

Nome do amigo:

E-mail do amigo:

Mensagem:

Código de segurança (Repita o código):
 


Home :: Eventos :: Dicionário :: DSM-IV :: CID-10 :: Contato               PsicNet - Todos os direitos reservados